segunda-feira, setembro 11, 2006

A bolsa Marc Jacobs ou a vida?

Ontem assisti, depois do programa O Aprendiz, que passa mais cedo em canal fechado, um monte de besteiras sobre celebridades no canal 32( People And Arts) . A bobagem que me deixou mais de boca aberta foi saber com mais detalhes- já tinha lido o assunto em algum lugar- sobre o aluguel de bolsas de griffe. Coisa assim, a perua paga 300 dólares mensais em média para usar uma bolsa Fendi, Chanel ou a que bem entender, alugada. Assim não enjoa do mimo e não tem que desembolsar os tantos mil dólares que custa cada uma. Fiquei pensando se é feito o aluguel de imóveis: 1% do valor do de compra. Se varia de griffe para griffe. Enfim, enfim, a semana toda vimos reportagens em toda a parte de como o mundo mudou depois do 11 de Setembro. É mudou bastante. Mas a futilidade humana pelo visto continuou sem alterações, pelo menos em Los Angeles, que alias não foi atingida por nenhum aviáo e portanto está "longe" da tragédia que abalou o mundo. É a vida. É a bolsa. É o fim do caminho.... São as águas... Não, Tom Jobim não escreveria nada sobre semelhantes pérolas.
Comentários:
Quanta futilidade né querida? diante do caos que está o mundo...Alugar bolsa para desfilar com grife é o máximo da babaquice, mas tem gosto e grana pra tudo:(
lindo dia flor
beijosssssssssssss

 
pois é...alugar bolsas e o mundão ta ai...uma lastima, cada dia mais pobreza e miséria, nem gosto muito d comentar...mas tenha um ótimo fds...bjs

 
Postar um comentário



<< Home
Recadinho de rodapé