domingo, agosto 27, 2006

Cabelos longos, idéias curtas

Eu ia escrevendo" idéias curtas" como título desse post quando me lembrei de que uma vez fiz uma pergunta em sala de aula e a professora, uma pessoa bastante desafiadora, me disse isso. A classe inteira riu. E eu também. Ainda balancei os cabelos e nem era comigo, por que ela ainda não me conhecia e sou, com certeza, a melhor aluna da faculdade. Com as melhores notas. E falo isso tranquilamente, por que acho que é uma obrigação hoje e sempre, ser muito bom naquilo que se faz. Enfim... Era para ser título do post por que eu ia dizer coisas curtas. Veja como uma idéia leva a outra. Mas vamos as curtas e as vezes, grossas:

- Valdemar Costa Neto ( que é com V e não com W com eu havia escrito. Mas quem se importa com a grafia do nome desse infeliz?) foi barrado no baile. Seu pedido de candidatura foi indeferido( revista Veja de ontem). Deram uma outra desculpa, faltavam uns documentos. Mas o fato é que o esperto ex-presidente do PL, vai ter que esperar as eleições seguintes para continuar suas ações em benefício próprio. Parece alguma evolução? Talvez. Estou bastante descrente com relação a isso. Lula vai ganhar no primeiro turno não é? Então?

-Coisas belas: estou apaixonada pelo design brasileiro. Nunca liguei muito, não prestava atenção , principalmente quando o assunto era decoração de casa. Sempre tive móveis simples, muitos daqueles " semedão". Mas agora comecei a querer adquirir umas coisas lindas. Como as poltronas de Sérgio Rodrigues e de Ricardo Fasanello. Este último, já falecido eu acho, nem tem site. No entanto, sua cadeira Esfera, é vendida em Los Angeles por pelo menos 18 mil dólares. No Brasil é bem mais barato, claro. Nunca se dá o devido valor aos nossos bons. E de qualquer maneira eu jamais poderia sonhar com um móvel desses se não tivesse preço acessível. Quem tiver algum móvel que ame e adore, me conte aqui por favor. Estou começando a engatinhar no assunto e gostaria de saber mais.
Boa semana para todos.
Comentários:
Menina, se você está apaixonada pelo design brasileiro, dá uma olhada no livro O Design brasileiro antes do design. É mais sobre Design Gráfico, ams eu ganhei o livro e ainda não parei de me admirar com cada coisa que vejo ali, sabia? Quanto à outra idéia, do Valdemar, espero que para ele dê sempre tudo errado. Sinceramente. Beijos

 
Móvel que tenho e adoro, só minha estante-escrivaninha feita sob medida, com desenho meu. Com ela substituí três outros móveis e a casa ficou mais espaçosa e funcional.
Quanto a nossos designers não serem tão valorizados, a razão é simples: não temos grana para pagar o que os gringos podem.

 
Eu vivi entre móveis muito tempo de minha vida. Foi a fonte de renda de minha família por anos. Chegamos a criar grife própria, exportar, contratar designers, enfim, viví este mundo.
Por força dos momentos de altos e baixos políticos de nosso país, acabamos por desistir. Todo investimento pessoal teve retorno positivo que os governos salafrários trataram de minimizar e zerar ao negativo. Abocanharam em impostos e nos deixaram devedores... Por isto e tantas outras, confio na capacidade do criador brasileiro, mas ele depende da loucura e interesses políticos para sobreviver. Hoje somos importadores.... isto te traduz algo?
Tem quem pague a nossa criatividade só que não nos deixam cobrar...
Beijos Jasmine

PS: em férias terei mais mobilidade para visitar os amigos quando puder.

 
Eu tenho olhado uns sofás lindos para qdo começar a decorar minha sala de fato...Tem cada coisinhas linda...

Um bjão e ótima semana

 
Não sou quem pensas, nem era a 'cabeça', o marido é que era, mas eu batalhava junto, rss.
Nós brasileiros somos durões na queda(sabe a música aquela que diz:levanta sacode a poeira e dá volta por cima?)só falta aprendermos a criar bons políticos que permitam que as pessoas façam o seu trabalho porque criatividade temos de sobra.
Bjs e carinhos pra ti

 
Querida,
So hoje visitei seu blog.Nao preciso dizer que li tudo que vc escreveu, inclusive, dos meses anteriores.Adorei!!!!!!
Vc sempre e brilhante, em tudo que se propoe.
Virei, sempre, dar uma olhadinha na sua" ilha da felicidade" para ver se ela continua com boas noticias...
Claro que tambem pq o orgulha fica grande quando se tem na familia alguem com uma cabeca tao privilegiada.
E um presente que vc da as outras pessoas...
Bjos muito carinhosos,
Tia Ina

 
Eu ando apaixonada por cores e feng shui...Ando zen de tudo rs,, beijos

http://bluevelvet.zip.net
http://nabolsadamulher.blogspot.com/
http://newsblog.com.br/

 
jasmine, temos que prestar atenção duas vezes antes de votar e três vezes depois para ver no que deu nosso voto. O Design brasileiro não deixa nada a desejar aos outros, mas tem altos e baixos demais. bj

 
passando p conhecer seu cantinho...adorei...bjs e boa semana

 
O Governo deveria ser moralizado inteiro!!
Em casa compro somente o que gosto e invisto à longo prazo, não compro móveis "tapa-buraco", descartáveis. A melhor coisa é esperar aparecer aquele móvel que você gosta, com uma gravidez! De uma hora ele aparece, nasce na sua frente!! Gosto de misturar tendências e épocas.
Beijus

 
Droga, tu me deixaste triste agora. Tenho verdadeiro horror a TODOS os meus moveis. Estou mudando de casa agora e se podesse jogava tudo no lixo. Aliás, tudo não passa de lixo mesmo hehehehe. Fui comprando de acordo com o que o dinheiro dava, ou seja, só coisa barata, sem qualidade, sem estilo, nada haver comigo. Agooooooora, com casa própria (iiiuuuhhhuuu) pretendo mudar essa situação e comprar umas coisas mais "a minha cara".

 
Postar um comentário



<< Home
Recadinho de rodapé